10 maio 2013

O livro do amanhã

                Como seria se soubéssemos o que o amanhã nos reserva? Nós o consertaríamos?! Será que conseguiríamos?
                Um livro com frases de efeito como essas na chamada, mais o mega-plus de ter sido escrito pela Cecelia Ahern (Ps. Eu te amo), temo como não surgir aquela vontade de ler?! Ainda não? Então deixa eu deixar mais interessante: tudo se passa na Irlanda. Irlanda. Bom, se até agora eu não te disse nada de convincente, melhor você parar de ler por aqui.
                Porém, se você se deixou levar por pelo menos um dos itens acima, vem comigo nessa aventura que eu vou te apresentar a Tamara. Na verdade, não sei bem se você vai gostar de conhece-la, pois Tamara é mais uma garota bem-nascida mimada e arrogante. Daquelas que nunca precisou se preocupar com o dia de amanhã, pois papai rico e mamãe perfeita não lhe ensinaram que a vida é, na verdade, uma bela de uma caixinha de surpresas.
                Pois bem. Quando repentinamente este papai rico se suicida, e a mamãe perfeita enlouquece ao descobrir-se inundada de dívidas, o que acontece?!
                Tamara e sua mãe são obrigadas a sair da mansão em que moravam em Dublin e a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo do interior irlandês. A única diversão de Tamara no interior se torna, então, as ruínas de um antigo castelo próximo ao local aonde moram seus esquisitos tios, uma biblioteca itinerante e a amizade inesperada com uma freira.
                Em uma das visitas da biblioteca – e do seu lindo motorista – à cidade, Tamara encontra um livro muito misterioso, com textos escritos com sua caligrafia torta e datados sempre para o dia seguinte. Quando as coisas em sua vida começam a acontecer exatamente como o livro (ou diário?!) previa, Tamara percebe que pode ter encontrado um atalho para solucionar seus muitos problemas. Ou não.
                Impossível não se identificar com a petulância da garota, que sempre tem resposta para tudo, mas que no fundo só quer o bem da mãe depressiva e entender melhor sobre a sua própria história de vida.
                Quem nunca sonhou em poder prever o futuro? Mas, ao mesmo tempo, quantas vezes já imaginamos consequências estrondosas?! Saber das coisas tem o seu preço. E Tamara descobre bem isso no decorrer do livro. O que era pra ser um livro comum sobre uma adolescente de caráter duvidoso torna-se uma história bastante misteriosa, recheada de bons diálogos, risadas e lições.
                Só não esqueça esta lição da Tamara: você pode direcionar o seu futuro, só não pode fugir dele! 

2 comentários:

  1. Fiquei muito tempo só ouvindo falar da Cecelia Ahern, porém sem nunca ter de fato lido algo dela. Ano passado li P.S. Eu Te Amo e achei a narrativa gostosa e leve, bem de acordo com o que pedia o enredo (até para não virar um dramalhão pesado). Tenho O Livro do Amanhã e A Vez da Minha Vida na fila de leitura, e espero lê-los em breve. Pelas resenhas que tenho lido e por ter curtido a escrita da autora, creio que vou gostar bastante das leituras.
    O que achei interessante na proposta de O Livro do Amanhã é justamente esse "quê" meio fantasioso, fiquei bem curiosa.

    Bjo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Toda história que tem relação com esse conhecimento do futuro é bem interessante. Sempre nos mostram aquele ponto de "mexer com o incerto é perigoso", mas ao mesmo tempo é tentador. Fico pensando se resolveria meus problemas ou me deixaria maluca.
    Gostei da resenha, e me interessei pelo livro. Essa autora é muito boa, também quero ler P.S. Eu te Amo, todo mundo fala bem desse livro, fico curiosa.
    Beijos!
    http://www.expressodenarnia.com/2013/05/os-herdeiros-dos-titas-de-lutas-e.html

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!

Editado por Agnes Carvalho. Imagens de tema por andynwt. Tecnologia do Blogger.

© rascunhos e borrões, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena